Está a navegar na EroticFeel Portugal desde Estados Unidos e temos um site específico para esse país. A partir desta versão não realizamos envios para Estados Unidos, para isso deverá mudar de versão. Quer continuar a navegar na EroticFeel Portugal ou prefere mudar para o site de Estados Unidos?

Acessórios para Spanking

"Não sei de nada mais magnífico do que umas nádegas que tremem sob uma mão, se endurecem, e depois imploram por mais uma palmada. Rendem-se e rebelam-se no mesmo movimento...”. A palmada pode exigir uma mão grande e firme, uma chibata rude, um chicote de couro macio, uma palmatória, uma vara, itens para o prazer mais ofegante. Não o deixe ao acaso.

Acessórios para Spanking
-13%
Bijoux Indiscrets Lilly Chicote com Franjas 2
Bijoux Indiscrets Lilly
12,95 €
14,95 €
-5%
Bijoux Indiscrets Maze Chicote Preto
Bijoux Indiscrets Maze Chicote
32,95 €
35,00 €
-20%
Delicioso Bondage - Special Edition by Bijoux Indiscrets Caixa Presente
Delicioso Bondage - Special Edition by Bijoux Indiscrets
39,95 €
49,95 €
1

"Não sei de nada mais magnífico do que umas nádegas que tremem sob uma mão, se endurecem, e depois imploram por mais uma palmada. Rendem-se e rebelam-se no mesmo movimento...”. Pedimos desculpas antecipadamente porque vamos usar o engraçado livrinho de Jean-Pierre Enard ilustrado por Milo Manara (e com tradução da EroticFeel por não termos conseguido a obra) 'A Arte da Palmada' para além das nossas possibilidades mas, francamente, não conseguimos encontrar nada melhor para mergulhar com deleite no emocionante mundo do spanking. Enard explica com humor e erotismo tudo o que deveria ser conhecido sobre o assunto. Em primeiro lugar, o spanking pode requerer uma mão grande e firme, uma chibata rude, um chicote de couro macio, uma palmatória, uma vara, um jornal enrolado... praticamente qualquer coisa que se adapte aos desejos de quem dá e, especialmente, de quem apanha. Não se confunda, as palmadas não são uma prática machista ou um castigo infantil, na verdade elas nem são um castigo, não são uma forma de descarregar a raiva ou de causar dor, mas muito pelo contrário. Nas palavras do grande Enard "a palmada não é força, nem obrigação, nem violência". Quem a usa para punir ou forçar não entende nada sobre esta arte. Além disso, há uma grande possibilidade de que o acto degenere rapidamente numa série de golpes e feridas que nada têm a ver com a palmada (...)".

O poder erótico do spanking pode ser rastreado ao longo da história. O Kamasutra fala de quatro tipos de golpes que estimulam a excitação e aumentam o orgasmo. O político e escritor romano Petrónio tinha uma forma curiosa de curar a impotência do narrador do seu 'Satíricon' com nada mais, nada menos do que umas belas palmadas no pénis. Olhando um pouco mais longe na tradição romana, durante as festas lupercais os sacerdotes corriam pelo monte Palatino armados com um chicote e chicoteavam os transeuntes, chicotes os quais atribuíam à capacidade de aumentar a fertilidade nas mulheres e a virilidade nos homens. Até o próprio Lawrence da Arábia relata sobre uma captura em “Os Sete Pilares da Sabedoria": “Lembrei-me do cabo, virando-me pontapés, com seus sapatos de pregos, para que eu me pusesse de pé. (…) Lembrei-me de lhe haver sorrido ociosamente, em virtude de delicioso calor, talvez sexual, que perpassava pelo meu corpo”. Delírio ou realidade, ao que parece, ele gostou.

E claro, depois veio Hollywood e sua curiosa forma de mascarar o spanking erótico como práticas correctivas engraçadas. Até Sheldon Cooper, numa das comédias mais famosas da década, "castiga" a não tão pacífica Amy com algumas palmadas para repreender o seu mau comportamento.

Aqui, a excitação física está em jogo, mas também a excitação mental, os papéis, quem dá e quem recebe, a impotência, a intimidade, o prazer ofegante. É demasiado para o deixar ao acaso.

Compre acessórios para spanking online na EroticFeel

Finalmente chegámos a uma das práticas mais prazerosas no universo do BDSM. E para que possa desfrutar como merece em grande estilo, na EroticFeel fizemos uma selecção dos melhores acessórios para spanking BDSM, chicotes de couro, chibatas, varas, artigos concebidos para o prazer, para o dar e receber, para se perder nas sensações mais inesperadas, para se deixar levar pelos desejos mais obscuros e vibrantes. Atreva-se.

  • Chicotes: de couro, de borracha, de couro sintético vegan, curtos ou compridos, com punho de metal, madeira ou vidro, existem muitos tipos de chicotes BDSM, mas na EroticFeel encontrará os melhores no mercado. Sofisticados, sexys, elegantes e feitos com os melhores materiais, são muito mais do que parecem.   Que tal experimentar uma coleira com trela que se transforma num chicote? E um flogger tão suave e firme que lhe oferece desde as carícias mais delicadas até aos açoites mais fortes e severos?

O que posso usar para açoitar o meu parceiro?

Se estiver a ler isto, provavelmente já experimentou o contacto directo de uma mão que cai com a força certa no lugar certo, esse é o primeiro passo. Agora oferecemos-lhe algo mais requintado. Os chicotes, as chibatas, as palmatórias, as varas, cada uma destas engenhocas oferece uma experiência distinta, diferentes sensações de dominação, poder, submissão e rendição. Porque não experimentar todas elas?

O que é spanking?

Spanking é a terminologia inglesa utilizada para definir o prazer erótico de dar ou receber palmadas, bem seja com a mão ou algum objecto. De acordo com uma pesquisa de uma conhecida marca de brinquedos sexuais, 70% das mulheres e 64% dos homens ficam mais excitados quando o spanking é incluído no acto sexual. Há mesmo especialistas, como Carol Queen, autora de 'Exhibitionism for the shy', que sustentam que uma palmada nas nádegas poderia estimular as terminações nervosas da vagina. Se as palmadas forem aplicadas ao ritmo e intensidade certos, o corpo produz endorfinas, prazer, orgasmos. Pouco mais se pode pedir.

Decidimos acabar com esta fantástica e descritiva lista do bom senhor Enard: "Existem rabos marotos, praticamente sem curvas, a sua forma encerrada em calças tão apertadas que se pode ver a linha das cuecas. Rabos largos e fortes, que atraem a atenção com autoridade, rabos que nos fazem sentir que nunca poderíamos ser o seu mestre (...); rabos temperamentais, rígidos ou relaxados de acordo com o seu humor, agora vivos e felizes, depois ameaçadores, tensos; rabos lânguidos, que se abanam preguiçosamente e se retraem quando vêem a mão a aproximar-se; (...) rabos adormecidos que esperam pelo beijo que os fará acordar". Pouco pode ser acrescentado a isto.