Está a navegar na EroticFeel Portugal desde Estados Unidos e temos um site específico para esse país. A partir desta versão não realizamos envios para Estados Unidos, para isso deverá mudar de versão. Quer continuar a navegar na EroticFeel Portugal ou prefere mudar para o site de Estados Unidos?

Lovense

A fome aguça o engenho, dizem, e a mesma coisa acontece com a falta de sexo. Em 2009, o fundador da marca tinha uma relação de longa distância, mas o mercado não oferecia soluções. Em apenas um ano, nasceu o Remote Pleasure, um vibrador com controle remoto que era controlado via Skype. A aventura tinha começado.

-9%
Novo!
Lovense Hush 3,8 cm Plug Anal Vibratório
Lovense Hush
99,00 €
109,00 €
-44%
Novo!
Lovense Nora Vibrador
Lovense Nora
99,00 €
179,00 €
-44%
Novo!
Lovense Osci 2 Vibrador
Lovense Osci 2
99,00 €
179,00 €
-44%
Novo!
Lovense Domi 2 Estimulador
Lovense Domi 2
99,00 €
179,00 €
-9%
Novo!
Esgotado
Lovense Edge Massajador de Próstata
Lovense Edge
99,00 €
109,00 €
-44%
Novo!
Lovense Max 2 Masturbador
Lovense Max 2
99,00 €
179,00 €
-7%
Novo!
Lovense Ambi Bala Vibratória
Lovense Ambi
64,00 €
69,00 €
1

A história da literatura e do cinema está cheia de histórias de amor difíceis e dolorosas à distância. Romances tormentosos e infelizes, casais separados por milhares de quilómetros sem se poderem tocar, condenados a imaginar-se com mais ou menos fortuna. O exemplo que mais gostamos é o de James Joyce e Nora Barnacle. Separado por longos períodos, o excêntrico autor de Ulisses e sua esposa mantinham uma correspondência íntima que ainda hoje é preservada. “Às vezes sonho contigo em poses indecentes. Imagino coisas tão escabrosas que não quero escrevê-las enquanto não souber como tu mesma escreves. As menores coisas provocam em mim um grande tesão (...) Em momentos assim sinto um desejo louco de fazer aquilo de algum modo nojento, de sentir teus lábios quentes e libidinosos chupando-me, de foder-te entre as maminhas de bico rosado, acabar contra teu rosto e esporrar sobre teus olhos e tuas faces quentes, de meter o pau entre as tuas bochechas traseiras e te enrabar”. Como pode ver, o recato não era a cena deles, mantinham viva a chama da paixão através da versão mais antiga do sexting, as cartas de papel que não chegavam em tempo real como as mensagens de whatsapp, mas podiam demorar meses para chegar ao seu destinatário sofredor. O que não teriam feito se a Lovense tivesse existido na altura? Maravilhas.

A fome aguça o engenho, dizem, e a mesma coisa acontece com a falta de sexo. Em 2009, o fundador da marca mantinha uma relação de longa distância. “A falta de intimidade era um problema”, conta no site da empresa. Se ele se encontrava numa situação assim, outros estariam a passar pela mesma coisa. No entanto, naquela época, o mercado não oferecia grandes soluções para casais à procura de brinquedos teledildónicos e assim surgiu a aventura. Em apenas um ano nasceu o Remote Pleasure, um vibrador de controle remoto que era controlado via Skype. A invenção foi um sucesso, mas eles sabiam que poderia ser melhorada.

Primeiros protótipos

Em 2013, lançaram Max e Nora, os primeiros brinquedos do género que funcionaram através de uma aplicação. Nora foi o primeiro vibrador rabbit com bluetooth e Max foi o primeiro masturbador masculino com bluetooth. A grande vantagem destes dois produtos não era apenas que eles podiam ser controlados nas distâncias curtas ou em milhares de quilómetros, mas que ambos ofereciam a possibilidade de sincronizar um com o outro (um Max com um Nora, um Nora com um Nora, ou um Max com um Max) e um respondia aos movimentos do outro. Este era o futuro e milhares de pessoas acolheram-no.

Os anos seguintes foram vertiginosos, em 2015 foi lançado o Lush, um potente vibrador de bala com controlo remoto com novas características graças à implementação de uma nova aplicação. A resposta dos utilizadores foi tão boa que chegou a angariar mais de cem mil dólares no site de crowdfunding Indiegogo. A intenção era ter lançado o Lush e um vibrador anal com bluetooth ao mesmo tempo, no entanto, levou mais 18 meses até o plug estar pronto; a resposta em Indiegogo foi mais uma vez incrível, chegando a mais de 200.000 dólares em compras antecipadas para este brinquedo.

Balas, estimuladores de próstata e vibradores do ponto G

Ambi, um mini vibrador de bala com um design único, Edge, um massageador de próstata ajustável, Domi, um mini wand super potente, e Osci, um brinquedo para o ponto G com tecnologia patenteada de oscilação. 2017 foi um grande ano para a equipe da Lovense, que lançou quatro brinquedos eróticos e conseguiu arrecadar mais de 327.000 dólares em compras antecipadas na mesma plataforma de crowdfunding. Depois vieram duas novas aplicações, o adaptador bluetooth USB para ligar qualquer brinquedo Lovense a um PC Windows, e as novas versões dos brinquedos (o Lush 2, o Domi 2, o Max 2 e o Osci 2), resultado do grande trabalho realizado nos últimos anos por uma marca que conseguiu estabelecer-se como uma referência no mundo dos brinquedos eróticos à distância.

Qualidade e segurança

A Lovense utiliza na fabricação dos seus produtos materiais de alta qualidade que são absolutamente seguros para o corpo. A grande maioria são feitos de silicone médico, exceto o Max 2, por exemplo, que tem uma manga interna de TPE hipoalergénico. Os desenhos foram concebidos para se adaptarem confortavelmente às curvas do próprio corpo, facilitando o seu uso só ou com um parceiro.

Todos os brinquedos sexuais Lovense são à prova de água, recarregáveis e praticamente silenciosos. Quanto à configuração das aplicações, não são necessárias grandes competências técnicas, é completamente intuitiva. Basta seguir passo por passo as instruções que aparecerão assim que fizer o download para o seu dispositivo móvel.

Com a Lovense, as relações de longa distância nunca mais serão as mesmas. Prometemos.