Sexo e brinquedos sexuais na gravidez, tudo o que precisa de saber

EroticFeel 21/08/2020

Vamos dissipar mitos e preconceitos e colocar os nossos medos em cima da mesa Em tempos, até especialistas desaconselhavam o sexo durante a gravidez porque o consideravam perigoso, e hoje em dia muitos pais novos enfrentam receios legítimos que devem ser esclarecidos para que não passem um mau bocado, mas antes pelo contrário. É possível ter relações sexuais durante a gravidez?, são prejudiciais as práticas penetrativas?, e o sexo anal?, o uso de brinquedos eróticos é desaconselhável?, pode o sexo causar um aborto ou acelerar o parto? Para tal, colocámo-nos em mãos de peritos e consultámos uma das ginecologistas e obstetras do Hospital Público de Navarra (Espanha). A primeira coisa que ela deixa claro é que "a sexualidade na gravidez é um mundo", nem todas as mulheres são iguais nem todas as gravidezes são iguais. No entanto, a menos que tenha um problema específico identificado pelo seu médico, tal como um historial de abortos espontâneos de causa desconhecida, ameaça de parto prematuro, hemorragia, ou placenta prévia, o sexo durante a gravidez não só não é prejudicial, como é totalmente recomendado. "Encorajamos sempre as relações em todas as suas formas", diz a especialista.

Não se preocupe, tal como o bebé não cairá assim de repente enquanto caminha, a penetração não o pode prejudicar, o pénis não é uma arma de destruição maciça. Lembre-se que o feto é protegido pelo líquido amniótico e pelas paredes espessas do útero, que por vez são seladas por uma membrana mucosa que também o protege. E a estimulação anal? "Se o casal estivesse habituado, não haveria problema", diz a especialista. O sexo não causa aborto e não acelera o parto. "A crença de que pode acelerar o parto é um mito não provado em que eu não confio. Baseia-se na ideia de que as contracções orgásmicas podem gerar contracções de parto, mas elas não têm nada a ver umas com as outras”.

Brinquedos sexuais e utilização de bolas chinesas durante a gravidez

Vamos agora abordar a conveniência da utilização de brinquedos sexuais durante os meses de gestação. A nossa ginecologista de referência explica que os de uso externo (estimuladores de clitóris com sucção, vibradores ou massajadores para estimular a parte externa da vagina ou o clitóris) não apresentam qualquer tipo de problema ou contra-indicação. Quanto aos brinquedos que são inseridos na vagina, "apenas recomendaria os fabricados com silicone medicinal e evitaria os de grandes dimensões e os que vibram, uma vez que, embora não tenha sido estudado que podem ter um efeito negativo sobre o feto, não os aconselharia". No entanto, se normalmente é preciso cuidar da limpeza dos brinquedos eróticos, durante a gravidez é imperativo sermos extremamente higiénicos para evitar infecções. E quanto à utilização de lubrificantes? "Sempre à base de água".

E agora passemos ao mundo dos exercícios para o pavimento pélvico. Como sabe, trata-se de contrair os músculos como se estivesse a conter a vontade de urinar e depois de os relaxar. Um pavimento pélvico tonificado não só melhora a qualidade dos orgasmos, como também previne fugas de urina e prolapsos. “A partir do segundo trimestre recomendamos o uso de bolas vaginais para reforçar o pavimento pélvico durante o período pós-parto. Deve ficar claro que mesmo que tenha uma cesariana, o pavimento pélvico sofre e tudo o que fizer a partir da gravidez será uma ajuda".

"As hormonas na gravidez são uma dança, o impulso sexual de algumas mulheres aumenta, enquanto que no caso de outras diminui”. Depende também do trimestre, explica ela. Durante os primeiros meses, as náuseas e o desconforto podem diminuir a libido; no segundo, as hormonas geralmente favorecem o desejo de ter sexo e no terceiro, a barriga pode tornar difícil encontrar uma posição confortável. Portanto, a menos que o seu médico diga que existem contra-indicações, a sexualidade pode ser praticada em todas as suas formas, desde que haja vontade.

Está a navegar na EroticFeel desde Estados Unidos e temos um site específico para esse país. A partir desta versão não realizamos envios para Estados Unidos, para isso deverá mudar de versão. Quer continuar a navegar na EroticFeel ou prefere mudar para o site de Estados Unidos?